Professores e funcionários em efetivo exercício nas escolas do campo, demais interessados, prioritariamente os vinculados ao campo, ou ainda, aqueles interessados em uma formação voltada para as Ciências da Natureza e Ciências Agrárias vinculada aos saberes e fazeres das populações do campo agricultores, colonos, pescadores artesanais, ribeirinhos, extrativistas, quilombolas, indígenas, assentados e acampados da Reforma Agrária, dentre outros.